top of page
  • Foto do escritorCDO

Sofre com pigarro? Saiba o que ele pode indicar!

Atualizado: 28 de jun. de 2022

Você já deve ter sentido aquela sensação desagradável de que há alguma coisa presa na parte de baixo da garganta, certo? O pigarro, como é conhecido, raramente representa um perigo para a saúde, mas se o sintoma for frequente é preciso investigar as causas com um especialista, já que pode indicar complicações mais graves como algum tipo de câncer.


A grande maioria dos pacientes limpa a garganta – na tentativa de eliminar o pigarro – de forma espontânea, sem perceber os perigos que podem estar escondidos neste hábito tão comum. Por isso, ficar atento à frequência com que você elimina o pigarro é essencial para diagnosticar uma possível complicação e realizar o tratamento mais adequado para seu caso.

O que é pigarro?

O pigarro é caracterizado pelo excesso de muco na garganta. O problema é causado por irritação ou inflamação na região, que podem ser decorrentes de diversas complicações. O excesso de muco pode causar complicações mais graves se for persistente, devendo ser investigado o quanto antes.

O que ele pode indicar?

Em períodos de pouca umidade e temperaturas baixas, é comum que nosso organismo tenha maior concentração de células da defesa na via respiratória, causando irritação no local, que por sua vez irá resultar no pigarro. O sintoma é muito comum em quadros de gripes e resfriados, desaparecendo assim que essas complicações são curadas. Mas nem sempre o problema é tão simples assim, uma vez que pode ser um sinal de alerta para complicações mais graves, principalmente se o sintoma for contínuo. Saiba o que ele pode indicar!

Refluxo faringo-laríngeo

Considerada uma das principais causas do pigarro, o refluxo faringo-laríngeo é ocasionado pelo retorno de ácidos do estômago para a garganta, criando a sensação de que algo está preso na região. Além do pigarro, o refluxo faringo-laríngeo causa outros sintomas otorrinolaringológicos, como tosse seca e rouquidão. O tratamento para o problema deve ser realizado com base em orientações dietéticas, modificando o horário e tipo de alimentação do paciente para diminuir a produção de ácidos estomacais.

Rinossinusite aguda

A rinossinusite aguda pode ser desencadeada por infecções virais que ocorrem durante gripes, resfriados ou crises alérgicas. Como consequência da infecção na garganta, o organismo reage produzindo muco em excesso, que irá resultar no pigarro. O diagnóstico da rinossinusite é realizado clinicamente através de avaliação médica e exame físico. O tratamento é realizado a base de medicamentos, como anti-inflamatórios e descongestionantes nasais.

Câncer de laringe

O câncer de laringe é um dos mais comuns entre os que atingem a região da cabeça e pescoço, ocorrendo, predominantemente, em homens acima de 40 anos de idade. O pigarro pode ser um dos sintomas iniciais de câncer de laringe, que pode ser acompanhado de outros sinais, como dor de garganta, alterações na voz e disfagia. O diagnóstico precoce é fundamental para aumentar as chances de que o tratamento seja efetivo no combate ao câncer. Por isso, se você notar a presença dos sintomas acima, é importante buscar ajuda médica o quanto antes.

Laringite crônica

A laringite crônica é uma condição inflamatória que atinge a laringe e persiste por mais de 3 semanas. Muitas vezes causada por irritação prolongada das cordas vocais, a condição tem como principais sintomas o pigarro, dor de garganta, tosse e rouquidão. O tratamento depende da causa do problema, mas, geralmente, consiste em descansar a voz e evitar exposição a agentes que possam afetar as cordas vocais, como cigarro, poluição e fumaça.

A importância da consulta médica

Por mais inofensivo que possa parecer, o pigarro nunca deve ser negligenciado, afinal pode ser um indício de complicações muito mais graves do que uma simples gripe ou resfriado. Ao notar que o sintoma está persistente, o ideal é buscar ajuda médica o quanto antes. Somente um profissional especializado é capaz de realizar um diagnóstico preciso e indicar a melhor forma de tratamento para cada caso. Pode ser que não seja nada sério, mas é melhor investigar a fundo para eliminar qualquer possibilidade de que seja algo mais grave. Gostou do nosso conteúdo? Continue nos acompanhando em nosso Facebook e Instagram. Para tirar suas dúvidas, entre em contato conosco. Em breve, iremos lhe responder!


Material escrito por: Dr. Paulo Roberto Crespi - CRM 4228 / RQE 4084 Diretor técnico do CDO, o Dr. Paulo Crespi é também um dos fundadores da clínica. Possui pós-graduação em otorrinolaringologia e mestrado em otoneurologia pela USP. Já exerceu cargos de chefia e presidência na Sociedade Catarinense de Otorrinolaringologia, nos departamentos de otorrinolaringologia do Hospital Geral Celso Ramos e da Associação Catarinense de Medicina.

114.180 visualizações13 comentários

Posts recentes

Ver tudo

13 Comments


Regina Carvalho
Regina Carvalho
há 3 dias

Eu não aguento mais, sempre tive pigarro, e agora que estou ficando com mais idade está piorando. Chega doer minha garganta. Tenho medo de virar câncer.O que posso fazer?

Like

Paulinha Muniz
Paulinha Muniz
Mar 03

Estou com pigarro e tosse seca por cerca de uns 5 meses, já fiz videolaringoscopia e endoscopia, fiz tratamento com medicamentos e alimentação para refluxo e não passa. Incomoda muito a mim e as pessoas ao meu redor. Estou preocupada.

Like
Lucas Leal
Lucas Leal
Mar 09
Replying to

Melhorou ??

Like

Marli Ferreira
Marli Ferreira
Aug 03, 2023

Estou com pigarro há alguns dias e não passa...

Like
Lucio
Lucio
Oct 16, 2023
Replying to

Ficou boa? Eu também tenho esse troço, e é bastante recorrente.

Like

Suzana Mackmillan
Suzana Mackmillan
Jul 06, 2023

Boa tarde! Tu que leio tiro dudas, bem esclarecedor.

Like

Suzana Mackmillan
Suzana Mackmillan
Jul 06, 2023

Boa tarde ! Fui diagnosticada com um cisto lado direito do pescoço des dezembro 2022,tambm tenho do lado esquerdo alguns linfonodos. Mas ainda não fui ao especialista, agora tenho tido pigarro e tosse muco parece q fica mais constante quando estou dormindo gerando até engasgo. Tenho tirado alguns esclarecimentos por aqui. Obrigado!

Like
bottom of page