• CDO

Saiba tudo sobre a Endoscopia do Nariz

Nosso nariz está sujeito a diversas complicações que podem comprometer o correto funcionamento das vias aéreas e afetar nossa saúde de maneira geral. Para identificar possíveis alterações na região nasal, a endoscopia do nariz é um dos exames mais solicitados por profissionais que atuam na área otorrinolaringológica.

Por mais inofensivas que possam parecer, os problemas que afetam as cavidades nasais – ou a região da garganta – precisam ser investigados mais a fundo para garantir o tratamento adequado e evitar o aparecimento de novas complicações. Portanto, a realização do exame é fundamental para garantir sua saúde! Neste artigo, explicamos o que é o exame, como é realizado e em quais casos é indicado. Continue a leitura e entenda melhor! O que é endoscopia do nariz? Também chamada de vídeo-endoscopia naso-sinusal ou nasofibroscopia, a endoscopia do nariz é um exame realizado para avaliar a cavidade nasal – incluindo faringe, laringe e cordas vocais, quando necessário – com o objetivo de diagnosticar diversas doenças nasais e sinusais, bem como para um reconhecimento pré-operatório. O exame permite visualizar as mucosas e todas as estruturas da cavidade nasal, sendo extremamente importante para diagnosticar uma elevada gama de condições em otorrinolaringologia. A endoscopia de nariz pode ser realizada tanto em pacientes infantis quanto adultos, sem a necessidade de utilizar técnicas mais invasivas. Como o exame é realizado? O procedimento é realizado com o auxílio de uma fibra ótica – rígida ou flexível – acoplada a uma pequena câmera. Os aparelhos são introduzidos na cavidade nasal, ou na garganta, quando necessário, e as imagens são transmitidas para um monitor, permitindo ao médico analisar toda a cavidade nasal detalhadamente e observar áreas antes invisíveis a olho nu. Para a realização do exame, é necessário a aplicação de um anestésico tópico em spray para minimizar o desconforto ao paciente. A endoscopia do nariz dura em torno de 5 minutos e não exige nenhum tipo de preparo prévio. Após o exame, caso tenha sido utilizado anestésico, sugere-se não ingerir água ou alimentos até a sensação de anestesia passar. Não é necessário acompanhante. Quando é indicado? A endoscopia do nariz é indicada para diagnosticar e acompanhar diversas alterações que possam afetar a cavidade nasal. Dessa forma, o exame é recomendado para a avaliação de:

  • obstrução nasal;

  • rinite;

  • sinusite;

  • rinossinusite crônica ou aguda;

  • sangramento nasal;

  • desvio de septo;

  • roncos e apneia do sono;

  • cefaleia;

  • lesões de nariz e garganta;

  • distúrbios do olfato e paladar;

  • tosse ou rouquidão frequentes;

  • corpo estranho.

Resultados do exame Após a realização do exame, o médico consegue diagnosticar com maior precisão um possível problema que possa estar afetando as cavidades nasais. Por meio do diagnóstico, o profissional orienta o paciente sobre o tratamento mais indicado de acordo com a necessidade de cada caso. Ficou com alguma dúvida sobre a endoscopia do nariz? Mande sua pergunta através da página de contato. E não deixe de nos seguir no Facebook e Instagram para acompanhar nossas dicas, novidades e conteúdos!


Material escrito por: Dr. Guilherme Webster - Otorrinolaringologista - CRM 15905 / RQE 11880 Dr. Guilherme Webster é formado em Medicina pela UFSC e realizou a residência médica em otorrinolaringologia pelo Hospital do Servidor Municipal de São Paulo. Seus principais interesses são o tratamento clínico e cirúrgico em rinologia, otoneurologia, otoplastia, atendimento pediátrico e distúrbios de deglutição.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo