• CDO

Quais são os tipos de cirurgia na tireoide?

Atualizado: 28 de jun.

A tireoide é uma importante glândula reguladora do organismo. Em alguns casos, ela pode apresentar complicações que necessitam de intervenção cirúrgica para a solução do problema. Mas, os tipos de cirurgia na tireoide precisam ser muito bem analisados para que seja feito o procedimento mais adequado em cada caso, sem comprometer a saúde do paciente.


Uma das principais complicações que necessitam de procedimento cirúrgico no local é o câncer de tireoide, o tipo mais comum na região da cabeça e pescoço e que necessita de tratamento cirúrgico precoce para que o paciente possa ter uma vida normal. Contudo, outras condições também exigem a realização de cirurgia na tireoide, como nódulos, cistos e hipertireoidismo. Continue a leitura e descubra quais são os tipos de cirurgia na tireoide, como são realizadas e em quais casos são recomendadas!

Tipos de cirurgia na tireoide

Também chamada de tireoidectomia, a cirurgia na tireoide consiste em um procedimento cirúrgico para a retirada da glândula. A escolha do melhor tipo de cirurgia na tireoide deve ser feita por um médico especialista, cabendo ao paciente analisar os riscos e benefícios com o profissional. Convencionalmente, a cirurgia de tireoide é realizada através de uma pequena incisão no pescoço, por onde o médico pode observar e retirar a glândula. O procedimento é feito com anestesia geral e, geralmente, dura em torno de 2 horas. Existem dois tipos de cirurgia na tireoide:

Lobectomia

Neste procedimento, retira-se apenas uma parte da tireoide, na qual o lobo contendo a doença é removido. A parte restante da tireoide continua funcionando normalmente, dispensando a necessidade de reposição hormonal para o correto funcionamento do metabolismo. A lobectomia é muito indicada em casos de câncer de tireoide do tipo papilífero ou folicular.

Tireoidectomia total

Trata-se do tipo de cirurgia mais comum e consiste na remoção completa da tireoide. Este procedimento permite realizar o acompanhamento de possíveis recidivas por meio de cintilografias da tireoide e exames de sangue. A desvantagem é que o paciente irá precisar fazer reposição hormonal pelo resto da vida. É indicado para retirada de câncer mais grave e em casos de hipertireoidismo.

Cuidados pré-operatórios

A cirurgia na tireoide exige alguns cuidados específicos antes da realização do procedimento. Nos dez dias que antecedem a cirurgia, o paciente deve evitar qualquer medicação que contenha ácido acetil salicítrico, como remédios como AAS, Aspirina, Buferin e Melhoral. Além disso, é necessário jejum de 8 horas antes da cirurgia.

Cuidados pós-operatório

A recuperação total do paciente costuma ocorrer um mês após a realização da cirurgia. Na maioria das vezes, é necessária internação hospitalar por 24 horas, mas o paciente pode retornar para casa no dia seguinte. Durante a primeira semana, deve-se evitar qualquer tipo de esforço físico. Após 7 dias, o paciente pode voltar a sua rotina normalmente. Exercícios físicos são liberados entre 15 e 20 dias depois do procedimento.

Riscos da cirurgia na tireoide

Quando realizada com profissionais capacitados, a cirurgia na tireoide apresenta riscos muito baixos. Tosse, formigamento, rouquidão e um leve incômodo na região operada são sintomas comuns na primeira semana, mas tendem a desaparecer gradativamente. Em condições raras, o paciente pode apresentar sangramento na região da garganta. Nesses casos, é preciso procurar o médico responsável o quanto antes para evitar complicações mais graves. Se você ficou com alguma dúvida sobre os tipos de cirurgia na tireoide, entre em contato e envie sua pergunta. Em breve, iremos lhe responder. Aproveite, também, para nos acompanhar através do Facebook e Instagram e conferir nossas dicas, novidades e conteúdos!


Material escrito por: Dr. Rafael Nunes Goulart - CRM 15664 / RQE 12369 Dr. Rafael Goulart é formado em medicina pela Unisul, especialista em cirurgia de cabeça e pescoço pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Seus principais interesses são cirurgias da tireoide, de tumores na cabeça e pescoço e cirurgias na boca, laringe e faringe.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo