• CDO

Cirurgia Endoscópica Funcional do Nariz e dos Seios da Face

A sinusite crônica é uma doença bastante comum e que afeta um grande número de pessoas. As principais queixas que o paciente pode apresentar são:

  • a obstrução e congestão nasal;

  • a diminuição do sentido do olfato;

  • dores de cabeça (especialmente na face).

  • secreção no nariz.

Em geral, o tratamento que deve ser adotado inicialmente é clínico, com uso de medicações anti-inflamatórias e antibióticos.

Para os casos em que não houve melhora com o tratamento clínico está recomendada a realização de cirurgia endoscópica funcional dos seios da face, cujo objetivo é devolver a ventilação adequada das cavidades do nariz e dos seios da face.

Principais indicações para realização de cirurgia:

Atualmente, existem muitas indicações para realização deste tipo de cirurgia. As principais são:

  • paciente que apresenta rinossinusite crônica cujos sintomas não melhoraram com o uso de medicações;

  • paciente com rinossinusite crônica que já apresenta alguma complicação decorrente da doença (mucocele, complicações oculares, etc);

  • tumores dos seios da face (neste caso, cirurgia endoscópica avançada);

  • obstrução das vias lacrimais (clique aqui para mais informações).

Local de realização: Realizada em centro cirúrgico.

Como é realizada: Toda a cirurgia é realizada através da própria cavidade nasal do paciente com o auxílio de equipamento de vídeo (endoscópios, fontes de luz, monitor e câmera de vídeo). Incisão (corte): não há. Pontos: desnecessários neste tipo de cirurgia. Curativos: são colocados curativos para cicatrização no interior da cavidade nasal. Este curativos serão reabsorvidos ao longo de alguns dias ou aspirados pelo médico na primeira semana após a cirurgia. Em raros casos, pode ser necessário o uso de um tampão nasal para evitar sangramentos. Alta hospitalar: em geral, no mesmo dia da cirurgia.

Cuidados e recuperação: Dor: em geral a dor é pequena, controlada com analgésicos simples. Inchaço: nos primeiros dias ocorrerá inchaço do interior do nariz, fazendo com que ele fique um pouco entupido. Externamente, o aspecto do nariz permanecerá o mesmo. Cuidados locais: higiene nasal com solução fisiológica, evitar traumas no local.

Afastamento do trabalho: em geral, 7 dias

Atividade física: em geral, 2 a 4 semanas.

Perguntas frequentes:

A cirurgia pode ser realizada em crianças? Sim.A sinusite crônica é uma doença bastante comum e que afeta um grande número de pessoas. As principais queixas que o paciente pode apresentar são:

  • a obstrução e congestão nasal;

  • a diminuição do sentido do olfato;

  • dores de cabeça (especialmente na face).

  • secreção no nariz.

Em geral, o tratamento que deve ser adotado inicialmente é clínico, com uso de medicações anti-inflamatórias e antibióticos.

Para os casos em que não houve melhora com o tratamento clínico está recomendada a realização de cirurgia endoscópica funcional dos seios da face, cujo objetivo é devolver a ventilação adequada das cavidades do nariz e dos seios da face.

Principais indicações para realização de cirurgia:

Atualmente, existem muitas indicações para realização deste tipo de cirurgia. As principais são:

  • paciente que apresenta rinossinusite crônica cujos sintomas não melhoraram com o uso de medicações;

  • paciente com rinossinusite crônica que já apresenta alguma complicação decorrente da doença (mucocele, complicações oculares, etc);

  • tumores dos seios da face (neste caso, cirurgia endoscópica avançada);

  • obstrução das vias lacrimais (clique aqui para mais informações).

Local de realização: Realizada em centro cirúrgico.

Como é realizada: Toda a cirurgia é realizada através da própria cavidade nasal do paciente com o auxílio de equipamento de vídeo (endoscópios, fontes de luz, monitor e câmera de vídeo). Incisão (corte): não há. Pontos: desnecessários neste tipo de cirurgia. Curativos: são colocados curativos para cicatrização no interior da cavidade nasal. Este curativos serão reabsorvidos ao longo de alguns dias ou aspirados pelo médico na primeira semana após a cirurgia. Em raros casos, pode ser necessário o uso de um tampão nasal para evitar sangramentos. Alta hospitalar: em geral, no mesmo dia da cirurgia.

Cuidados e recuperação: Dor: em geral a dor é pequena, controlada com analgésicos simples. Inchaço: nos primeiros dias ocorrerá inchaço do interior do nariz, fazendo com que ele fique um pouco entupido. Externamente, o aspecto do nariz permanecerá o mesmo. Cuidados locais: higiene nasal com solução fisiológica, evitar traumas no local.

Afastamento do trabalho: em geral, 7 dias

Atividade física: em geral, 2 a 4 semanas.

Perguntas frequentes:

A cirurgia pode ser realizada em crianças? Sim.



Anestesia

Geral (sob os cuidados de médico anestesiologista).

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Rinoplastia funcional e estética é um dos procedimentos mais realizados ao redor do mundo e tem como objetivo alcançar a melhora da obstrução nasal, quando apenas o procedimento de septoplastia não

Septoplastia (correção do desvio do septo nasal) A septoplastia é a cirurgia realizada para correção do desvio do septo nasal. Pode ser realizada como procedimento único ou combinada a outros procedim