• CDO

Processamento Auditivo Central

Para quê

A audição é um importante sentido humano, responsável por colaborar, sobretudo, com o desenvolvimento da fala, aprendizado e convívio social. Mais do que apenas ouvir, nós precisamos processar as informações sonoras, para que haja uma compreensão clara da mensagem. Caso haja alterações, o paciente corre o risco de apresentar problemas que podem afetar drasticamente sua qualidade de vida. Por isso, exames específicos, como o Processamento Auditivo Central, são de fundamental importância para assegurar a eficiência auditiva.

O que é o exame de Processamento Auditivo Central?

O exame de Processamento Auditivo Central avalia o que acontece com a informação sonora depois que ela chega ao cérebro. Trata-se de um procedimento mais completo do que os exames audiométricos comuns, já que é capaz de diferenciar a perda de audição da alteração do processamento auditivo central.

Para quem é indicado?

De maneira geral, o exame é indicado para pacientes que ouvem mas não compreendem o que foi dito. O exame pode ser realizado por adultos que apresentam sinais de problemas auditivos. Mas a principal indicação é para crianças em idade escolar, principalmente para aquelas que:

  • demoram em compreender o que foi dito;

  • têm dificuldade de concentração;

  • solicitam repetição frequente da informação;

  • apresentam desatenção e distração;

  • têm dificuldade para ler ou escrever;

  • trocam letras na fala ou escrita;

  • sofrem com déficit de atenção.

Como é feito o Processamento Auditivo Central?

O primeiro passo para o exame de Processamento Auditivo Central é uma conversa do médico com os pais ou com o próprio paciente (no caso de adultos). O intuito é obter informações gerais sobre desenvolvimento, comportamento e aprendizado, que possam dar indícios de que há alguma alteração no processamento auditivo.

O exame, em si, é realizado em uma cabine acústica, com audiômetro de 2 canais e com testes padronizados para cada faixa etária. Eles irão avaliar diferentes habilidades auditivas, como localizar o som, focar a atenção em um som e ignorar outros, discriminar um som do outro, memorizar sons sequenciais, dentre outras medidas.

O procedimento é totalmente indolor, mas precisa da colaboração da criança para que seja realizado com sucesso. Geralmente, dura cerca de 60 a 90 minutos de duração. Para realizar o exame é desejável que tenha em mãos a audiometria atualizada.

Resultados e Tratamentos

O resultado sai logo após a realização do exame. O médico utiliza um relatório detalhado do desempenho de cada teste para apontar quais habilidades auditivas o paciente apresenta maior dificuldade.

Com o resultado em mãos, o profissional indica o melhor treinamento auditivo que, geralmente, consiste em trabalho terapêutico para que a criança possa ouvir e entender com perfeição. Em alguns casos, pode ser necessário um acompanhamento multidisciplinar, para proporcionar o correto aprendizado e desenvolvimento da criança.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco. Será um prazer lhe ajudar!

Duração

60 a 90 minutos

Cuidados

Para realizar o exame é desejável que tenha em mãos: audiometria atualizada. Usar as medicações que está habituado. Este exame costuma ser feito a partir dos 6 anos de idade.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Para quê Pesquisa dos limiares auditivos (capacidade auditiva) em ambas as orelhas, o que permite detectar as perdas auditivas, e suas características (tipo, gravidade, se acomete uma ou as duas orelh

Avaliação das doenças do labirinto (pesquisa do nistagmo posicional, vectoeletronistagmografia, vídeo head impulse test) Para quê Avaliação diagnóstica das estruturas envolvidas no equilíbrio e suas p